sábado, 23 de dezembro de 2017















                                                 Onde estás agora, Diabo Loiro? Teu olhar coriscava o sertão, tua lança chameja nas noites secas, onde se ouve o silvo do bacurau. Vingastes  teu amigo, Lampião? Como é difícil vencer as forças da opressão. Morre-se, outros virão, com outra cor, o mesmo coração.
                                   Cristino Gomes da Silva Cleto é o meu nome, Corisco para o mundo. Não sou, nem nunca fui bandido. Você acredita mesmo na  versão oficial? Eles são donos do poder, podem dizer o que quiserem, todos acreditam, sem nenhuma contestação. Quem é louco de desmentir os donos do poder? 

Nenhum comentário:

Postar um comentário